13.1.16

Resenha "Primeiro e Único"-Emily Giffin


Hoje eu trago para vocês a resenha do livro "Primeiro e Único" da Emily Giffin.Espero que gostem e não deixem de comentar.
*Nome do Livro:Primeiro e Único(The One and Only)
*Autor(a):Emily Giffin(com tradução de Amanda Moura)
*Editora:Novo Conceito
*Número de Páginas:448
*Nota:9.0
*Classificação Etária:Não Informada

Sinopse:As diferenças entre Shea e Lucy são muito claras,embora ambas sejam verdadeiras amigas-irmãs.Shea é despojada,um espirito livre,mas sempre muito reservada nos relacionamentos.Lucy é ousada,impertinente e persuasiva,e valoriza as aparências acima de tudo.Fruto de um casamento infeliz,Shea passou a maior parte da infância na casa de Lucy,e "herdou" do pai dela,o treinador Carr,o amor obsessivo pelo futebol americano.

Com a morte da mãe de Lucy,o treinador Carr assume a função de unir e motivar a família- e isso inclui Shea.A partir desse momento,a jovem passa a reavaliar as situações em que se encontra.Por que as coisas que deveriam dar certo parecem não ter sabor algum?



Depois de ler "Uma Prova de Amor",eu fiquei muito curiosa para ler os outros livros da Emily principalmente esse da resenha de hoje.Confesso que foi muito difícil comprar ele pois todas as vezes que eu tentava comprar estava esgotado.
Eu me identifiquei muito com a história desse livro principalmente por tratar de mudanças(eu estou passando por um período de mudanças na minha vida e isso veio a calhar).



A história gira em torno de Shea,ela tem 33 anos e passou toda a sua vida em uma cidadezinha universitária que vive em função do futebol americano.Criada junto com sua melhor amiga,Lucy,filha do lendário treinador Clive Carr,Shea nunca teve coragem de deixar sua terra natal.Acabou cursando a universidade,onde conseguiu um emprego no departamento atlético e passa todos os dias ao lado do treinador- e já está no mesmo cargo há mais de dez anos.


Quando finalmente abre mão da segurança e decide trilhar um caminho desconhecido,Shea descobre novas verdades sobre pessoas e fatos- e essa situação a obriga a confrontar seus desejos mais profundos,seus medos e segredos.

O livro nos ensina que ás vezes é necessário sair da nossa "zona de conforto" para alcançarmos os nossos objetivos.

A autora consegue fazer o leitor se prender a leitura,e o fato da autora abordar futebol americano não me incomodou nem pouco(ressaltando que eu não entendo nada sobre esse esporte),foi até bom pois aprendi um pouco sobre o mesmo.

 e se você achou meio "ruim" o fato do livro abordar o futebol americano ,não se preocupe 

Comprei esse livro na Saraiva,só não me recordo quanto paguei.



Siga o Páginas nas redes sociais:




0 comentários:

Postar um comentário

 
Páginas em Preto © Todos os direitos reservados.