18.6.16

Saiba Mais Sobre Apendicite






 Por boaformaesaude.com.br

 No post de hoje eu vou falar um pouco sobre a Apendicite.Não deixem de conferir.
Tudo começa com um desconforto próximo ao umbigo ou não região superior ao abdômen,que vai se tornando uma dor forte ao se irradiar para a parte inferior e (detalhe muito importante)do lado direito.Esses costumam ser os sintomas iniciais da apendicite-inflamação do apêndice,um pequeno órgão ,de 8 a 10 cm ,que fica na primeira porção do intestino grosso.Porém,é possível viver sem ele.


Apendicite ocorre devido a uma obstrução no órgão,decorrente de um resíduo fecal mais endurecido ou ate pela presença de um parasita no local,que provoca uma resposta do sistema imunológico,causando o inchaço.

Isso compromete a circulação sanguínea,o que reduz o oxigênio e leva à morte das células.Com esse ambiente ideal para a proliferação de bactérias,a situação culmina na morte do órgão.Caso não haja uma intervenção cirúrgica,a tendência é de que o quadro se agrave mais,trazendo um grande risco de vida.


O extravasamento do material contaminado para o abdômen provoca uma infecção muito grave que requer cirurgia imediata.Porém,essa condição também pode resultar de uma infecção intestinal  ou de um edema do apendicite em resposta a uma infecção do organismo.E,em casos mais raros,a obstrução pode decorrer da presença de um tumor.


Cabe destacar ainda que qualquer um de nós pode ter apendicite,mas,em geral,ela ocorre em pessoas com idade entre 10 e 30 anos.

Por pt.wikihow.com



*Sintomas:Os primeiros sintomas da apendicite podem ser discretos ou nem estar presentes nas formas mais atípicas do problema,já que a dor,que costuma pior após 12 a 18 horas,pode variar de acordo com a idade e a posição do apêndice.

-Dor localizada no lado direito e na parte inferior do abdômen,que é continua e de fraca intensidade.Porém,vai aumentando no decorre do tempo.
-Perda de apetite é um sinal característico.
-Edema abdominal é recorrente e causa inchaço.
-Febre de 37,2 C a 38,8 C , que pode piorar conforme a doença progride.
-Náuseas e vômito podem ocorrer logo após iniciar a dor.
-Piora da dor:costuma acontecer em função de movimentos,numa caminhada ou mesmo com uma tosse.
-Constipação ou diarreia com gases também são comuns
-Parada intestinal pode ser uma evolução do problema,com incapacidade de eliminar gases ou fezes.
-Dor para urinar ou urinar mais vezes ao dia.
-Câimbras ou espasmos do lado direito do abdômen

Por cidadeverde.com



*Diagnóstico:O grande problema para diagnosticar a apendicite,no entanto,é que os sintomas podem ser confundidos com outras doenças que dão sinais semelhantes,como inflamações ginecológicas,pedras nos rins ou na vesícula,infecção urinaria ou intestinal,gastrite,problemas no ovário ou doença de Crohn.Além de levar em conta os sintomas,o médico realiza uma avaliação física para investigar a dor e pode solicitar exames complementares,a fim de descartar outras possibilidades.


Por www.lersaude.com.br



*Tratamento:Já o tratamento sempre exige a retirada cirúrgica do apêndice(apendicectomia)para não causar o risco de peritonite.O procedimento pode ser feito tanto pela cirurgia convencional,com uma incisão no abdômen,de 5 a 10 cm,quanto por videolaparoscopia,com três cortes de apenas alguns milímetros,possibilitando uma recuperação mais rápida.É fundamental ressaltar que uma obstrução na apêndice é imprevisível.Por isso,lembre-se:você deve procurar um medico assim que surgirem os primeiros sinais.

Créditos:A reportagem publicada acima foi retirada da Revista ProTeste Saúde,Nº39/Março 2015.



"Este é um post informativo.Visite um médico de sua confiança para maiores e melhores informações".

Siga o Páginas nas redes sociais:

  

1 comentários:

  1. Gostei do teu post...super informativo!
    Segui o blog...se poderes visita o meu e se gostares segue :)
    Beijinhos

    http://annahandtheblog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

 
Páginas em Preto © Todos os direitos reservados.